Menu de navegação

Ir para o conteúdo Ir para o mapa do site
Conteúdo da página

Alianças

Alianças

A OEI e a Agenda 2030


Na OEI, estamos alinhados com a Agenda 2030
e com um multilateralismo renovado e inclusivo para enfrentar os desafios atuais da Ibero-América, através do cumprimento das metas educacionais do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4

Para atingir este objetivo, fazemos parcerias com atores-chave no mundo da cooperação internacional, tais como: organizações e agências das Nações Unidas, a União Europeia, bancos de desenvolvimento, agências nacionais de cooperação, organizações da sociedade civil, outras organizações ibero-americanas e o setor privado. A OEI está comprometida com um multilateralismo reforçado, especialmente na era pós-pandemia.

União Europeia

Trabalhamos com a União Europeia (UE), tanto através do diálogo sobre políticas nas áreas de educação, ciência e cultura como através de programas e projetos conjuntos na região. Assim, a OEI recebeu o credenciamento da UE para a execução de projetos de cooperação delegada. Atualmente, a UE tornou-se para a OEI um parceiro-chave para a realização dos objetivos compartilhados por ambas as organizações nos países ibero-americanos, destacando assim, nos últimos 10 anos, o trabalho em projetos cofinanciados com fundos europeus, em atividades e ações como:

  • Programa de Assistência técnica Políticas e Parcerias da UE na América do Sul: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Peru e Uruguai. Seu objetivo é difundir e melhorar o conhecimento das relações e interesses mútuos da União Europeia e da América Latina entre os atores-chave desses países, como por exemplo, pessoal diplomático, jornalistas ou estudantes universitários.

  • Programa de assistência técnica Políticas da UE e Parcerias no México e na América Central. Sua finalidade é difundir e melhorar o conhecimento das relações e interesses mútuos da UE e da América Central e do México.

  • Programa para o fortalecimento dos sistemas de ciência e tecnologia na América Latina (FORCYT). Sua meta é impulsionar os sistemas científicos e tecnológicos da região para enfrentar desafios como a pandemia do COVID-19 e a mudança climática, dois dos maiores desafios para a região nos próximos anos. O programa é um esforço conjunto no âmbito do instrumento Facilidade de Desenvolvimento em Transição da UE. Uma das principais peculiaridades e pontos fortes deste programa é o envolvimento de quatro instituições e serviços europeus: DG- INTPAEUROSTAT, Joint Research Center Center (JCR)e a DG Research Innovation and Knowledge (DG RTD)

  • Programas de Cooperação Delegada no Paraguai. Desde 2017, apoiamos a UE e o Ministério da Educação do Paraguai na implementação e execução destes programas no campo da educação. Além disso, em dezembro de 2020, foi assinado um novo acordo UE-OEI, que continuará apoiando a reforma do setor educacional no país, com dois aspectos principais: 1. Resultados de aprendizagem e 2.   Formação profissional e sistema nacional de qualificação técnico-profissional.  

Destacam-se também outras ações importantes realizadas em conjunto, como a participação da OEI nos fóruns European Development Days, onde em 2019 organizamos, com organizações europeias, um lab-debate sobre a digitalização na Ibero-América. Por outro lado, em 2020, realizamos pela primeira vez a Noche Iberoamericana de l@s Investigador@s, uma extensão da Noite Europeia, para a promoção da ciência e da divulgação científica na região.

AGÊNCIAS DAS NAÇÕES UNIDAS

Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL)

A OEI e a CEPAL estão unidas em numerosos acordos. Destacam-se os referentes ao estudo econômico sobre as Metas Educacionais 2021 em cada um dos países e suas diferentes metas, a Contribuição da Carta Cultural para o Desenvolvimento Econômico e diversas assistências técnicas para a elaboração de "Contas Satélite" em vários países. Da mesma forma, as duas instituições compartilham muitos temas comuns, como a economia da educação, a inclusão sociolaboral da juventude na Ibero-América e as recomendações sobre políticas públicas para a igualdade de gênero e direitos da mulher.

Unesco 

Comitê de Direção do ODS4 – Educação 2030: como sinal de nosso compromisso com o ODS4, desde 2016 e como representante regional da América Latina e do Caribe, fazemos parte do Comitê de Direção Global do ODS4 Educação 2030 da Unesco. Trata-se de um espaço privilegiado de influência, diálogo e articulação com o resto dos atores globais no campo educacional. Através desta relação, temos trabalhado em ações concretas na área de educação de jovens e adultos, da aprendizagem ao longo da vida e da cultura.

A OEI foi recentemente designada como membro do Conselho Consultivo do Relatório de Monitoramento Global da Educação (Relatório GEM) —Conselho GEM— participando das sessões de trabalho deste importante órgão. Além disso, trabalha em estreita colaboração com o Escritório Regional da Unesco para América Latina e o Caribe Unesco/OREALC em diversas iniciativas conjuntas, como a preparação da próxima Conferência da CONFINTEA VII, questões sobre a ação climática através da educação, entre outras.

Unicef

Com o objetivo de apoiar os Estados na garantia do direito à educação para todos e todas, fechar lacunas e possibilitar o cumprimento da Agenda 2030, juntamente com o UNICEF, concentramos esforços e ações conjuntas  no fortalecimento das capacidades políticas e técnicas dos órgãos governamentais e da sociedade civil, bem como na formação de professores e outros agentes dedicados ao cuidado, educação e proteção das crianças e adolescentes, para reduzir a evasão e o abandono escolar precoce em todos os níveis de ensino. Durante 2020, a OEI e o Unicef uniram esforços trabalhando em publicações conjuntas para material pedagógico e eventos virtuais.

BANCOS DE DESENVOLVIMENTO

Banco Inter-americano de Desenvolvimento (BID)

A OEI e o BID vêm trabalhando juntos há anos em diferentes projetos na região. Destacam-se o programa Aprendamos todos a ler, no Panamá, e o projeto regional de ensino híbrido "Educação para o Século 21: prosperar, competir e inovar na Era Digital, na Argentina, Brasil, Colômbia, El Salvador, Guatemala, Honduras e México", com fundos do BID.

Banco Centro-americano de Integração Econômica (BCIE)

Assinamos um convênio de colaboração com o BCIE para realizar programas e projetos de interesse mútuo nas áreas de promoção cultural e educacional, vinculando, especialmente, cultura, educação e desenvolvimento. Desta forma, serão promovidos projetos de cooperação cultural e educacional, além de impulsionar a produtividade e a competitividade das economias da região centro-americana em áreas como inovação, tecnologia, ensino superior e emprego, destacando-se o Estudo sobre emprego juvenil na América Latina.

Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF)

A CAF e a OEI assinaram um acordo de cooperação técnica em fevereiro de 2021, com o objetivo de apoiar o Projeto de Promoção e Articulação de Ecossistemas de Inovação na América Latina, cujo objetivo é elaborar e transmitir experiências de aprendizagem multiatores para a consolidação estratégica de ecossistemas de inovação em pelo menos seis países da região. Ambas as partes oferecerão acompanhamento através da formação especializada e do apoio para desenvolver experiências de aprendizagem e gerar um inventário de projetos de inovação associados a pequenas e médias empresas (PMEs).

OUTROS PARCEIROS

Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE)

Em maio de 2021, assinamos um acordo com a OCDE através do Instituto Ibero-Americano de Educação e Produtividade, onde ambas as organizações se comprometeram a trabalhar em conjunto na organização de eventos, participação em atividades de pesquisa e divulgação de publicações. Além disso, a OCDE é agora um observador convidado deste instituto da OEI. 

Fundação Internacional União Europeia-América Latina e o Caribe (EULAC)

Em outubro de 2020, assinamos um convênio com a Fundação EU-LAC para realizar programas e projetos de cooperação nos campos da educação, ciência e cultura nos países-membros da Comunidade Ibero-Americana, apoiando assim a promoção das relações entre a União Europeia e a América Latina e o Caribe. Da mesma forma, o foco será a promoção da mobilidade e internacionalização e o apoio a redes de pesquisa, assim como a realização de encontros e discussões e outras ações de cooperação sobre questões associadas à cultura, especificamente à relação entre cultura e economia, indústrias culturais e criativas, e a difusão da diversidade cultural ibero-americana. 

Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (FLACSO)

Em setembro de 2020, assinamos um convênio marco de cooperação com a FLACSO para realizar programas e projetos de cooperação de interesse mútuo nas áreas de educação, pesquisa, ciência e cultura nos países-membros da Comunidade Ibero-Americana.

Education Above All – Foundation QATAR (WISE)

Trabalhamos com esta organização em várias campanhas para aumentar a sensibilização sobre a importância da educação no mundo. Além disso, em 2017, o programa " Luzes para aprender" da OEI foi premiado com os Prêmios de Educação Wise 2017

Outras agências ibero-americanas

Trabalhamos em conjunto com a Secretaria-Geral Ibero-Americana (Segib), principalmente no apoio para a organização de cúpulas temáticas em Educação, Ciência e Cultura, assim como de Programas Regionais Ibero-Americanos compartilhados. Do mesmo modo, trabalhamos conjuntamente com a Organização Ibero-Americana de Seguridade Social (OISS) para o desenvolvimento de programas de alfabetização digital para adultos.

AGêNCIAS DE COOPERAção e OuTRAS ORGANIZAções 

Agência Espanhola para a Cooperação Internacional (Aecid)

- Projetos sobre a redução da exclusão digital e-duc@ na Guatemala, Honduras, El Salvador e República Dominicana.

- Formação de professores e desenvolvimento de competências após a pandemia.

- Resposta educacional à crise sanitária.

 Organização Internacional da Francofonia (OIF)

No âmbito do 10º aniversário do Fórum da Juventude do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ECOSOC), a OEI participou com a Organização Internacional da Francofonia (OIF) e a comunidade dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e a Commonwealth no evento de mobilização das quatro áreas linguísticas em favor do meio ambiente e do clima

SETOR PRIVADO

A OEI trabalha especialmente com o setor privado através do Instituto de Educação e Produtividade: produz regularmente publicações, seminários e a revista PODIUM. Além disso, a OEI conta com o apoio financeiro de numerosas empresas como SM, Fundação Telefónica - ProFuturo, Fundação Santillana, FOAL, entre muitas outras. 

Rodapé
As cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, aceita o uso de cookies. Mais informações