Menu de navegação

Ir para o conteúdo Ir para o mapa do site
Conteúdo da página

Recife recebe primeiro laboratório da co.liga

Recife recebe primeiro laboratório da co.liga

10 de novembro de 2022

Brasil

Educação

Abertura contou com apresentações musicais, performance e a participação de mais de 100 jovens

Recife recebeu hoje o primeiro laboratório da escola de economia criativa co.liga, no Centro Comunitário da Paz -  Compaz Escritor Ariano Suassuna, resultado da cooperação entre a Prefeitura da capital pernambucana, a Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura no Brasil (OEI) e a Fundação Roberto Marinho (FRM). Cerca de 100 jovens participaram da abertura, além de professores e artistas. 

Por meio de uma plataforma digital, a co.liga conecta jovens, profissionais e empresas de diferentes áreas de atuação. São ofertados, gratuitamente, 38 cursos de curta duração em cinco áreas — Patrimônio, Música, Multimídia, Design e Artes Visuais — e temas transversais, como empreendedorismo, línguas, cidadania e elaboração de projetos culturais. 

Sandra Sérgio, coordenadora de Projetos Especiais da OEI, destacou o potencial da juventude hoje no Brasil: “Buscamos a Fundação Roberto Marinho para criar essa iniciativa porque a gente entende que os 50 milhões de jovens, segundo o Atlas da Educação, é o potencial de crescimento e desenvolvimento das nossas próximas gerações”, disse, complementando com informações sobre outros projetos desenvolvidos pelo organismo internacional em Recife, como o Paço do Frevo. 

Para o secretário Municipal de Segurança Cidadã, Murilo Cavalcanti, a escola é uma oportunidade. “Estamos dando esse pontapé inicial para vocês, jovens. É isso que a gente quer: abrir janela de oportunidade para que o jovem possa se firmar, ganhando sua renda dignamente”, afirmou. 

"A rede colaborativa que se forma com a Prefeitura do Recife é uma oportunidade para nossa escola chegar exatamente no público que precisa acessá-la. Os laboratórios são estratégias eficazes que contribuem para inclusão digital das juventudes com acolhimento e infraestrutura necessária", finalizou a coordenadora da co.liga, Fabiana Cecy. 

Rodapé
A OEI utiliza cookies próprios e de terceiros para fins funcionais e analíticos.

Clique no botão Aceitar para confirmar que você leu nossa Política de cookies e aceita todas as cookies. Para gerenciar as cookies, clique em Configurar. Para desativar todas as cookies, clique em Recusar.