Menu de navegação

Ir para o conteúdo Ir para o mapa do site
Conteúdo da página

Projetos

A OEI e a Veolia entregam prémios à aluna e escola vencedoras da edição portuguesa do concurso “Ao Redor da Ibero-América”

A OEI e a Veolia entregam prémios à aluna e escola vencedoras da edição portuguesa do concurso “Ao Redor da Ibero-América”

03 de dezembro de 2021

Portugal

Educação

Projetos: ALREDEDOR IBERO-2021/ESP/VEOLIA/20

A Organização de Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) e o Grupo Veolia entregaram, esta quinta-feira, 2 de dezembro, os prémios do concurso internacional “Ao Redor da Ibero-América” à aluna e escola vencedoras da edição portuguesa.

A cerimónia decorreu na Escola Básica e Secundária de Lousada Oeste, escola a que pertence a aluna vencedora, numa cerimónia que contou com a presença da Vereadora da Câmara Municipal de Lousada, Maria do Céu Rocha, a Diretora do Agrupamento de Escolas de Lousada Oeste, Luísa Lopes, a aluna vencedora, Luana, com a respetiva turma, a Diretora do Escritório da OEI em Portugal, Ana Paula Laborinho, e a Diretora de Recursos Humanos da Veolia Portugal, Teresa Beleza. A aluna foi premiada com um computador, uma impressora e um workshop digital, e a escola com 3 computadores e uma impressora.

A Luana referiu que “todos temos o nosso papel. A nós, crianças e jovens, cabe-nos utilizar as ferramentas que temos disponíveis nos dias de hoje, como os meios digitais, alertando e sensibilizando a nossa sociedade para este tema tão importante, a sustentabilidade, conforme aconteceu neste projeto."

Luísa Lopes, Diretora do Agrupamento de Escolas de Lousada Oeste, defendeu que "a escola tem de ser uma escola que não se cinge às matérias do programa. Tem de ser uma escola que agarra projetos e ajuda os alunos a tornarem-se cidadãos responsáveis".

Maria do Céu Rocha, Vereadora da Câmara Municipal de Lousada, comentou que este tipo de iniciativas “despertam consciências, neste caso dos mais novos que são quem tem nas mãos o futuro do nosso concelho. Que bom é ver os nossos jovens no terreno, a contactar com a natureza, a participar nestes projetos. Isto é uma verdadeira educação completa!"

Ana Paula Laborinho, Diretora do Escritório da OEI em Portugal, por sua vez falou na celebração de um “sonho”: "O sonho da OEI e da Veolia em trazer este concurso para Portugal. Da escola, que trabalha a educação para o futuro muito para além das matérias dadas na sala de aula. Do município, que cria também contexto para este trabalho".

Por fim, Teresa Beleza, Diretora de Recursos Humanos da Veolia Portugal, reiterou a importância dos jovens na transformação ecológica: “É fundamental podermos contar com verdadeiros embaixadores - a que chamamos Resourcers - e vocês, os jovens, são para nós esses embaixadores, esses Resourcers. Vocês são o futuro, e o futuro é para vocês".

Também no âmbito da entrega de prémios, a OEI e a Veolia promoveram, junto de todas as turmas do 5º ano da escola, uma mostra de filmes solidários “I Love 2 Help”, dinamizada pela Help Images, onde foram apresentados e debatidos projetos, filmes e campanhas que contribuem para uma participação mais ativa e solidária das sociedades, numa perspetiva nacional e global.

O concurso internacional “Ao Redor da Ibero-América” é uma iniciativa dirigida a alunos do 5º ano de escolaridade, entre os 10 e os 11 anos, e faz parte de um programa de educação ambiental desenvolvido pela OEI e Veolia, desde 2012, tendo abrangido mais de 200.000 estudantes da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Panamá, Peru e, desde 2021, também Portugal.

Na edição de 2021, sob o tema “a sustentabilidade dos ecossistemas”, o concurso desafiou os alunos a explorar, com a ajuda dos professores, temáticas da sustentabilidade e da preservação dos ecossistemas, e consequentemente a desenvolver um projeto que contribuísse para que a comunidade onde estão inseridos se torne mais sustentável.

A Luana, aluna da Escola Básica e Secundária de Lousada Oeste, que apresentou um projeto na temática da reflorestação, ficou numa primeira fase entre os três finalistas do Concurso, tendo na fase posterior de votação pública revelado uma forte capacidade de mobilização que a colocou em primeiro lugar da edição portuguesa. É esperado para o início de 2022 um encontro digital entre todos os vencedores dos vários países.

Rodapé
As cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, aceita o uso de cookies.