Menu de navegação

Ir para o conteúdo Ir para o mapa do site
Conteúdo da página

Projetos

Já se conhecem os premiados da edição portuguesa do IV Prémio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos "Óscar Arnulfo Romero"

Já se conhecem os premiados da edição portuguesa do IV Prémio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos "Óscar Arnulfo Romero"

15 de dezembro de 2021

Secretaria-Geral | Portugal

Direitos Humanos

O Júri reconheceu o trabalho do Agrupamento de Escolas de Santo André, do Barreiro, e da Help Images - Associação de Promoção e Apoio à Solidariedade Social. Do conjunto das 24 candidaturas elegíveis, recebidas entre 16 de março de 2021 e 31 de outubro de 2021, 18 foram trabalhos de escolas (Categoria A) e 6 de organizações da sociedade civil (Categoria B).

O Prémio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos "Óscar Arnulfo Romero", em que participam 22 países da Ibero-América, é uma iniciativa da Organização de Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) e da Fundação SM, e valoriza o trabalho de centros educativos e ONGs com programas que promovem o direito à educação, convivência escolar, paz, liberdade, inclusão ou Direitos Humanos, entre outros. Nesta 4ª Edição, foram abrangidos projetos relacionados com o direito à saúde e formas de enfrentar ou aliviar a situação provocada pela COVID-19, dando visibilidade aos esforços na resposta aos novos desafios colocados pela pandemia.

Nas palavras da Diretora do Escritório da OEI em Portugal, Ana Paula Laborinho, este prémio revela que os mais jovens são sensíveis ao tema dos Direitos Humanos e querem participar numa sociedade alargada que envolve diversas regiões e países.

O Agrupamento de Escolas de Santo André, do Barreiro, foi o premiado da Categoria A, com o projeto DemEUcracy for ALL. O Projeto tem como objetivo promover a importância dos valores democráticos e o respeito pelos Direitos Humanos, envolvendo as escolas na sua defesa, através de sociedades tolerantes e inclusivas e do desenvolvimento de competências-chave para o século XXI por meio da promoção de uma cidadania ativa e empreendedorismo social. É um projeto que envolve 5 escolas parceiras de 5 países diferentes, incluindo alunos do secundário e do ensino profissional e uma escola de ensino especial, para alunos com deficiências auditivas. Tem como principal foco alunos com dificuldades de integração.

A Help Images - Associação de Promoção e Apoio à Solidariedade Social foi a premiada na Categoria B, com o projeto I LOVE 2 HELP – Mostra do Filme Solidário, que promove a reflexão e o pensamento crítico, procurando criar uma maior consciência sobre a importância das ações individuais, reforçando a responsabilidade pessoal, a partir da exibição de filmes publicitários, ficção e curtas-metragens (no âmbito das temáticas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS e foco transversal nos Direitos Humanos), seguida de um debate com a audiência sobre os temas abordados nos filmes apresentados.

Os projetos premiados nesta primeira fase participarão da 2ª fase do Prémio Ibero-Americano, a ter lugar em 2022, onde as experiências vencedoras a nível nacional serão avaliadas por um júri de nível regional (fase internacional). Os dois vencedores ibero-americanos serão escolhidos nas duas categorias e receberão US $ 5.000 para investir nas iniciativas premiadas.

Foram ainda atribuídas Menções Honrosas às iniciativas que obtiveram a segunda maior pontuação: “Kukula” do Grande Colégio Universal, na Categoria A, que desenvolve um conjunto de atividades que asseguram o financiamento e outros apoios ao Centro de Educação e Desenvolvimento Infantil Kukula, na vila da Macia, em Moçambique, numa lógica de cidadania e promoção dos Direitos Humanos em ação e; “Ler o mundo através dos Direitos Humanos – oficina de reflexão e ação para crianças” da Real Pelágio, um projeto de educação em Direitos Humanos e para os Direitos Humanos, que desenvolve um conjunto de estratégias e ferramentas de apoio à aprendizagem através das quais se pretende valorizar a diversidade de linguagens, competências, inteligências, modos de construir conhecimento, de ser e de coexistir.

O Escritório da OEI em Portugal dá os parabéns a todas as candidaturas e aos vencedores.

Rodapé
A OEI utiliza cookies próprios e de terceiros para fins funcionais e analíticos.

Clique no botão Aceitar para confirmar que você leu nossa Política de cookies e aceita todas as cookies. Para gerenciar as cookies, clique em Configurar. Para desativar todas as cookies, clique em Recusar.