Menu de navegação

Ir para o conteúdo Ir para o mapa do site
Conteúdo da página

Assinaturas/Acordos

OEI e Universidade Autónoma de Lisboa criam Cátedra de Estudos Ibero-Americanos

OEI e Universidade Autónoma de Lisboa criam Cátedra de Estudos Ibero-Americanos

16 de março de 2022

Portugal

Educação

A Organização de Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a cultura (OEI) e a Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) criam uma Cátedra de Estudos Ibero-Americanos. Neste âmbito, decorrerá o curso de especialização sobre América Latina, apoiado pela OEI com três bolsas destinadas ao pagamento de propinas.

O acordo entre a OEI e a UAL para a criação da Cátedra tem como objetivo o desenvolvimento de projetos de investigação em áreas do âmbito científico comum às duas instituições, a formação de investigadores e de estudantes e o desenvolvimento de cursos e programas de formação avançada em domínios conexos.

Esta parceria promove também a organização de eventos, nomeadamente conferências nacionais e internacionais, e a possibilidade de acesso a estágios profissionais por parte dos estudantes da UAL, de acordo com as normas definidas pela OEI.

O lançamento da Cátedra de Estudos Ibero-Americanos decorrerá no dia 21 de março, nas instalações da Universidade Autónoma de Lisboa. O evento será transmitido virtualmente, através da plataforma zoom, e as inscrições são realizadas no site da UAL.

Inserido neste acordo, o curso de especialização sobre a América Latina, que tem também o apoio do Instituto de Defesa Nacional (IDN), destina-se a estudantes dos vários ciclos do Ensino Superior e de várias áreas de estudo, bem como quadros da Administração Pública e da Administração Local, empresas orientadas para a internacionalização e jornalistas.

A formação decorre entre 21 de março e 27 de junho e pretende aprofundar o conhecimento sobre a América Latina, o sistema interamericano, os processos de integração regionais, os focos de conflito e as relações internacionais, especificamente com os Estados Unidos da América, China, União Europeia e, em particular, Portugal.

Com a duração de 50 horas, o curso funciona em regime presencial nas instalações da Universidade Autónoma de Lisboa (UAL). Os alunos poderão também participar em conferências temáticas presenciais ou virtual via zoom organizadas pela UAL e/ou pelo IDN.

Rodapé
A OEI utiliza cookies próprios e de terceiros para fins funcionais e analíticos.

Clique no botão Aceitar para confirmar que você leu nossa Política de cookies e aceita todas as cookies. Para gerenciar as cookies, clique em Configurar. Para desativar todas as cookies, clique em Recusar.