Aqui começa o menu de navegação

Ir para o conteúdo Ir para o mapa do site
Aqui começa o conteúdo

OEI promove a mobilidade académica na Ibero-América

15/12/2020

Portugal

A OEI está a trabalhar no sentido de desenvolver, no âmbito da sua Estratégia Universidade 2030, as bases para um instrumento de medida comum para a Mobilidade académica, com o objetivo da sua promoção, no espaço ibero-americano.

A OEI está a trabalhar, no sentido de desenvolver, no âmbito da sua Estratégia Universidade 2030, as bases para um instrumento de medida comum para a Mobilidade académica, com o objetivo da sua promoção, no espaço ibero-americano.

A internacionalização das universidades ibero-americanas e o aumento da mobilidade e dos intercâmbios entre elas é uma das áreas de ação prioritárias da OEI.

Em colaboração com a Fundación Europea Sociedad y Educación, um centro de conhecimento com reconhecida experiência em política e estratégia universitária, a OEI visa desenvolver um instrumento de medida comum e compatível, prático, atrativo e eficaz, que ajudará a eliminar os obstáculos à mobilidade que persistem na região.

O projecto desenvolve-se em três fases principais:

  1. O diagnóstico das necessidades e da viabilidade de um instrumento de medida comum e compatível.
  2. Apresentação da proposta de instrumento de medida pela equipa de investigação e do GT.
  3. A elaboração de um novo instrumento para o reconhecimento e a compatibilidade dos estudos, destinado à promoção da mobilidade de estudantes.

Este trabalho foi apresentado numa reunião, que teve lugar no dia 11 de dezembro, e que contou com a presença de representantes de instituições e associações na área do ensino superior e de dirigentes de universidades ibero-americanas.

Portugal esteve representado pelo Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, pelo Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos e pela Associação Portuguesa de Ensino Superior Privado.

CCIPS e APESP reconheceram a importância da mobilidade académica, mostrando-se disponíveis para integrar o projeto e sublinharam a importância da dupla titulação.

 



Rodapé Rodapé