Aqui começa o menu de navegação

Ir para o conteúdo Ir para o mapa do site
Aqui começa o conteúdo

A OEI publica o modelo de intervenção "Luzes para Aprender", que reúne os marcos e as chaves para o sucesso na implementação do programa

A OEI publica o modelo de intervenção "Luzes para Aprender", que reúne os marcos e as chaves para o sucesso na implementação do programa

22/03/2021

Secretaria-Geral

Educação

A OEI lançou o "Modelo de Intervenção do programa Luzes para Aprender", uma publicação que apresenta o processo de consolidação e os marcos desta iniciativa de sucesso que visa reduzir a exclusão digital e melhorar a qualidade da educação nas escolas rurais da Ibero-América. O projeto beneficiou 25.934 alunos e 1.197 professores, de 556 escolas rurais em comunidades isoladas sem eletricidade, em 13 países da região.

A OEI coloca à disposição dos Estados, organizações não governamentais, fundações, agências de cooperação internacional e do público em geral o Modelo de Intervenção do programa Luzes para Aprender, uma publicação que reúne de maneira sistematizada as informações e experiências adquiridas na implementação  desta iniciativa, após quase uma década de aprendizado, bem como as chaves de seu sucesso, através de recomendações, para futuras ações de características similares na região. 

O modelo de intervenção, elaborado em espanhol e português e em parceria com a Fundación Energía sin Fronteras, é constituído por três fundamentos: o primeiro, segundo as etapas do projeto, refere-se aos diferentes marcos alcançados ao longo do tempo segundo as fases de elaboração, execução e exploração; o segundo, de acordo com seus componentes, trata dos elementos próprios do projeto, como energia, TIC, formação docente, fortalecimento da comunidade e sustentabilidade; e o último, levando em conta os aspectos transversais, no qual se incluem ações complementares, mas necessárias para a correta implementação do projeto, como monitoramento, fortalecimento institucional, criação de parcerias, o princípio da igualdade entre homens e mulheres ou o princípio da educação ambiental e cidadania global.

 

Entre as oportunidades oferecidas pelo modelo de intervenção, podem ser destacadas as seguintes:

  • Coloca o foco em populações geograficamente vulneráveis e isoladas.

  • Tem experiência comprovada em diferentes países e contextos.

  • Oferece uma solução técnica em matéria de energia ambientalmente amigável.

  • É um modelo facilmente adaptável.

  • Propõe um fluxo de trabalho e marcos desenvolvidos por fases e componentes.

Esta publicação é lançada num momento em que a região está enfrentando um panorama sem precedentes, gerado pela pandemia da COVID-19. O setor de educação tem passado por grandes dificuldades, por ter que lidar com milhões de crianças privadas de aulas presenciais, entre elas, aquelas que tiveram as aulas completamente suspensas por estarem localizadas em áreas rurais, assim como as que não têm acesso à conectividade e a dispositivos digitais em casa.

Neste contexto, são necessárias intervenções para reduzir a exclusão digital que ameaça o acesso das crianças ibero-americanas ao direito à educação e, com isso, o pleno cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável Nº 4: " Garantir uma educação de qualidade inclusiva e equitativa, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos". Assim, o Modelo de Intervenção de Luzes para Aprender torna-se uma ferramenta atual, eficaz e versátil para contribuir para a realização deste objetivo tão importante.

 

Rodapé
As cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, aceita o uso de cookies. Mais informações