Menu de navegação

Ir para o conteúdo Ir para o mapa do site
Conteúdo da página

Presidente uruguaio e secretário geral da OEI lançam oficialmente o 15º aniversário da Carta Cultural Ibero-Americana

Presidente uruguaio e secretário geral da OEI lançam oficialmente o 15º aniversário da Carta Cultural Ibero-Americana

04 de novembro de 2021

Uruguai

Cultura

Na tarde desta quinta-feira, 4, o Auditório Nacional Reta del SODRE, no centro de Montevidéu, foi cenário do ato inaugural da comemoração do 15º aniversario da Carta Cultural Ibero-americana. Liderada pelo presidente do Uruguai, Luis LacallePou e pelo secretário geral da Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, Ciência e Cultura (OEI), Mariano Jabonero, a cerimônia (que contou com a presença de várias autoridades), teve como anfitrião o presidente do SODRE, Martín Inthamoussú.

Durante o evento Inthamaussú disse que a celebração do 15º aniversário da Carta Cultural Ibero-americana é “graças a mulheres e homens que sonharam com o SODRE, sonharam com este lugar (...). Durante a pandemia, os legisladores do nosso país lançaram vários programas de apoio a cultura, o que prova que o Uruguai é um lugar aonde na cultura concordamos: (...). O território e os cidadão são a cultura”.

Por sua vez, o secretario geral da OEI começou agradecendo a todos os atores públicos e privados que “nos acompanham nesta maravilhosa aventura que culmina com a celebração dos 15 anos da Carta Cultural Ibero-americana (...) que não é um olhar ao passado, mais sim a conservação de toda sua força”. Também expressou que “para a OEI, a cultura é determinante, pois define nossa identidade, diversidade, e defesa da região. Ser cidadão ibero-americano é uma maneira de ser e estar no mundo que caracteriza cerca de 800 milhões de mulheres e homens que vivem e sonham o espanhol e o português.”

O Secretario Geral da OEI também destacou o recente estudo A contribuição da cultura no desenvolvimento econômico na Ibero-américa, que a organização apresentou semana passada. Elaborado em conjunto com a CEPAL, o estudo evidencia o notável e crescente impacto da cultura na economia e o emprego da região, uma vez que é responsável por 1,7% dos empregos na Ibero-américa e entre 2 e 4% do PIB da região. Jabonero mencionou o impacto da pandemia da Covid-19 na cultura, que afetou 2,6 milhões de postos de trabalho em toda região ibero-americana. Mesmo assim, lembrou a criação da Cátedra Ibero-americana sobre cultura digital e propriedade intelectual por parte da OEI no último ano.

Por fim, o secretario geral da OEI recordou o primeiro presidente do BID e primeiro secretário geral ibero-americano, o uruguaio Enrique Iglesias, como sendo um exemplo de compromisso de toda uma vida a favor da Ibero-américa. Na sequência leu as seguintes palavras em seu nome: “A Carta Cultural Ibero-americana, laboriosamente negociada pela Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), constitui a síntese mais profunda da comunidade ibero-americana, e de sua rica criatividade cultural apoiada em valores éticos e estéticos da mestiçagem das nossas culturas originárias e europeias.”

Também foi realizada a entrega de placas comemorativas aos embaixadores itinerantes da Carta Cultural Ibero-americana, o argentino Julio Bocca e o uruguaio Pablo Atchugarry. Com a presença da vice-presidente do Uruguai Beatriz Argimón, foi descerrada a escultura Homenaje a la flor del Ceibo na icônica Praça Independência, como novo símbolo da cidade que estará instalada de 4 a 10 de novembro. A vice-presidente enfatizou que a cultura nos alimenta e é indispensável que políticas públicas a apoie.

“A cultura tem que atravessar fronteiras e construir pontes. O que a cultura cria é sempre muito sólido”, explicou o artista em referência a sua obra.

Neste momento, o secretario geral da OEI, Mariano Jabonero, anunciou que a organização apoiará o projeto do Museu de Arte Contemporânea Americanos (MACA) m Manatiales, prevista para inaugurar no início de 2022.

Logo após, o cerimonial se dirigiu ao Teatro Solís, onde aconteceram várias atividades representativas do país

Rodapé
As cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, aceita o uso de cookies.