Aqui começa o menu de navegação

Ir para o conteúdo Ir para o mapa do site
Aqui começa o conteúdo

A cultura ibero-americana, gravemente ferida pela Covid-19: isto é o que as organizações internacionais apontam em um estudo regional sem precedentes

30/03/2021

Secretaria-Geral

  • A cultura na Ibero-América registrou perdas de até 80% em mais da metade das empresas do setor, de acordo com um estudo conjunto realizado pela OEI, Mercosul, Unesco, BID e SEGIB.

  • Em países como a Espanha, Brasil e Argentina, mais de 2,6 milhões de empregos no setor cultural foram afetados pela pandemia.

  • Os setores mais castigados foram as atividades culturais e de entretenimento, o artesanato e as artes.

  • A crise atingiu mais duramente os trabalhadores informais, com educação básica e de províncias, e aqueles que não conseguiram adaptar sua atividade à modalidade virtual ou remota.

Rodapé
As cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, aceita o uso de cookies. Mais informações