Aqui começa o menu de navegação

Ir para o conteúdo Ir para o mapa do site
Aqui começa o conteúdo

Escritório nacional da OEI em El Salvador

A história da OEI em El Salvador iniciou no dia 15 de dezembro de 1993, com a assinatura de um Acordo Básico entre o Ministério de Educação de El Salvador, o Ministério de Educação e Ciência da Espanha, o Ministério de Exteriores da Espanhe a OEIcom o fim de realizar um Projeto de Alfabetização e Educação Básica de Adultos na República de El Salvador. Em 1994, foi aprovada, pelo Decreto Legislativo No. 822, a criação de um Escritório Técnico para a Gestão do Projeto de Alfabetização e Educação Básica de Adultos.  

 Entre 1998 e 2002, sob a gestão de Francisco José Piñón e por mandato expresso dos Ministros de Educação e Cultura da América Central, reunidos na Nicarágua em fevereiro de 1999, sob a coordenação da CECCfoi aprovada realização das gestões pertinentes para o estabelecimento do Escritório Regional da OEI para os países centro-americanos em El Salvadordevido às particularidades desta região e a necessidade de responder da melhor maneira a suanecessidades e demandas, em concordância com o avanço que país tinha tido na área de educação durante a última década e com a implementação de programas inovadores com ampla participação comunitária e financeiramente sustentáveis, entre outros critérios. 

 Em 24 de maio de 1999, foi assinado um acordo entre o Governo da República de El Salvador e a OEI, para o estabelecimento da OEI no paísDesde 1999, a OEI acompanhou o Ministério de Educação em diferentes intervenções sociais que beneficiaram milhares de salvadorenhos. Programas de alfabetização, capacidades empreendedoras, Luzes para Aprender, educação técnica de nível médio e diferentes atividades da área da educaçãociência e cultura, tornaram o escritório da OEI em El Salvador numa referência estratégica e de cooperação do país. 

 


Rodapé Rodapé